REDE CPLPAV

Notícias

19-11-2016
Programa NOSSA LÍNGUA: Ferro em Brasa



O documentário Ferro em Brasa nos traz como personagem o fotojornalista moçambicano Ricardo Rangel, o primeiro jornalista não branco a entrar para uma equipe de um informativo em Moçambique no período colonial. Sua trajetória não só serviu de exemplo e modelo para duas gerações de fotógrafos que se seguiram, como também, no Centro de Formação Fotográfica, ele continuou a preparar profissionais para a prática da fotografia e do fotojornalismo. Seu trabalho permitiu uma produção de imagens de valor inestimável que se tornaram um acervo fundamental dos últimos 60 anos da história de Moçambique.


Ricardo Rangel é o símbolo de uma geração que no fim dos anos 40, em Moçambique, iniciou as primeiras denúncias contra a situação de exploração colonial. Enquanto fotografava a cidade dos colonos, Ricardo revelava a desumanidade e a crueldade do colonialismo.


Este documentário nos mostra para além do personagem, o Moçambique dos anos pré-independência. A fotografia e a memória registrada em imagens em Moçambique tem em Ricardo Rangel um dos seus mais importantes pilares. Desde o período colonial até ao fim da guerra civil pós-independência, ele fotografou 60 anos da história de seu país.


Neste filme, o fotógrafo inaugura uma exposição com o lançamento de um livro fotográfico, e conduz-nos pela cidade que o viu crescer, tanto na companhia de amigos, na rua, ou em sua casa, com sua companheira, enquanto vai narrando passagens importantes de sua vida e obra. A cidade de Maputo, a fotografia, a boémia e o jazz ocupam um lugar especial em seu coração. 

 

Título: FERRO EM BRASA

País: Moçambique

Duração: 49’:38’’

Ano 2006

Direção: Licínio de Azevedo

Coprodução: Ebano Multimédia / LX Filmes

27-02-2019
OFICINA DE PLANEAMENTO DE DIFUSÃO DO PROGRAMA DOCTV CPLP III

Encontra-se a decorrer hoje, dia 27 e amanhã dia 28 de Fevereiro, no Hotel Pérola, Cidade da Praia, Cabo Verde, a Oficina de Planeamento de Difusão do Programa DOCTV CPLP III. Esta Oficina visa a apresentação de relatórios dos documentários em produção, a análise da exibição dos documentários produzidos pelo DOCTV CPLP II por parte das televisões dos países participantes, a definição da grelha de exibição dos documentários nas televisões nacionais e ainda, a definição de estratégias de comunicação e divulgação. Esta Oficina conta com a participação da Diretora Geral do Secretariado Executivo da CPLP, Dra. Georgina Benrós de Mello; com a Técnica da Cultura da CPLP, Dra. Arlinda Cabral; Com a Unidade Técnica do Programa DOCTV CPLP III, e com o Director de Pogramas da Televisão Pública de Angola, Tomás Pinto da Cunha Ferreira; com o Diretor Geral das Artes e das Indústrias Criativas, Adilson Lima de Rosa Gomes; com a Coordenadora da programação da TCV, Dirce Firmino; Com o coordenador do Polo Guiné Bissau, Amadú Djamanca; com o Chefe da Redação de Programas da Televisão da Guiné Bissau; Coordenador do Polo Guiné Bissau; com o Coordenador do Polo da Guiné Equatorial, Juan Pablo Ebang Esono; com o representante da Rádio Televisão Guiné Equatorial, Juan Noel Nsue Ondo; com o Coordenador do Polo de Moçambique, Djalma Lourenço; com o representante da televisão de Moçambique, Holden Guedes; Coordenador da televisão de Moçambique; com o represente da Rádio Televisão Portuguesa, Paulo Pereira; com o Coordenador do Polo e Director da Televisão de São Tomé e Príncipe, José Bouças de Oliveira; com o Director Geral da Cultura de São Tomé e Príncipe, Nelson Oliveira; com o Assistente Técnico do Polo Nacional de Timor Leste, Francisco Urbano e o Representante da Rádio Televisão de Timor Leste, dos Santos, Frederico Gaspar Soares.

veja mais